Agar Base M-CP, Frasco com 500 gramas, mod.: M1354-500G (Himedia)

Código: M1354-500G Marca:
6x de R$ 124,20
R$ 745,21
ou R$ 685,59 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: 90 dias úteis
  • R$ 685,59 Boleto Bancário
    • 1x de R$ 745,21 sem juros
    • 2x de R$ 372,60 sem juros
    • 3x de R$ 248,40 sem juros
    • 4x de R$ 186,30 sem juros
    • 5x de R$ 149,04 sem juros
    • 6x de R$ 124,20 sem juros
    • 7x de R$ 119,07
    • 8x de R$ 104,77
    • 9x de R$ 93,75
    • 10x de R$ 85,41
    • 11x de R$ 78,59
    • 12x de R$ 72,91
    • 1x de R$ 745,21 sem juros
    • 2x de R$ 372,60 sem juros
    • 3x de R$ 248,40 sem juros
    • 4x de R$ 186,30 sem juros
    • 5x de R$ 149,04 sem juros
    • 6x de R$ 124,20 sem juros
    • 7x de R$ 119,56
    • 8x de R$ 106,11
  • R$ 745,21 Entrega
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

MARCA: HIMEDIA - MODELO: M1354-500G - PRODUTO: Agar Base M-CP, Frasco com 500 gramas.

APLICAÇÃO: Recomendado pelo conselho diretivo da União Europeia 98/83/CE para isolamento e enumeração de Clostridium perfringens de amostras de água usando técnica de filtração por membrana.

COMPOSIÇÃO:

Ingredientes Gramas/Litro

Triptose: 30.000

Extrato de Levedura: 20.000

Sacarose: 5.000

Cloridrato de L-cisteína: 1.000

Sulfato de magnésio 7H2O: 0,100

Bromocresol roxo: 0,040

Cloreto férrico 6H2O: 0,090

Indoxil ß-D-glucosídeo: 0.060

Agar: 15.000

pH final (a 25°C): 7,6 ± 0,2

** Fórmula ajustada, padronizada para se adequar aos parâmetros de desempenho.

Necessário o uso de suplementos FD153, FD154 ou FD154A

PRINCÍPÍO E INTERPRETAÇÃO:

Espécies clostridiais são uma das principais causas de intoxicação alimentar e doenças gastro-intestinais. Eles são gram-positivos, hastes formadores de esporos que ocorrem naturalmente no solo. Entre a família estão: Clostridium botulinum, que produz uma das

toxinas mais potentes que existem; Clostridium tetani, agente causativo de tétano; e Clostridium perfringens comumente encontrados em infecções de feridas e casos de diarréia. O uso de toxinas para danificar o hospedeiro é um método implantado por muitos patógenos. O principal fator de virulência de C. perfringens é a enterotoxina CPE, que é secretada na invasão do hospedeiro no intestino, e contribui para a intoxicação alimentar e outras doenças gastrointestinais. Vários meios sólidos foram criados para a quantificação de C. perfringens. A seletividade do meio é obtida pela incorporação de um ou mais antibióticos que inibem certos anaeróbios ou anaeróbios facultativos.

O Agar Base M-CP é preparado de acordo com a fórmula de Armon and Payment. Também é recomendado pelo Conselho Diretivo da União Europeia 98/83/CE para o isolamento e enumeração de Clostridium perfringens da amostra de água usando a técnica de filtração por membrana.

A Triptose e o extrato de levedura fornecem compostos carbonosos, nitrogenados, aminoácidos de cadeia longa, vitaminas, minerais e outros fatores de crescimento essenciais, enquanto a sacarose é o carboidrato fermentável. Bromocresol roxo serve como um indicador de pH. Indoxyl-D-glucosídeo é um substrato cromogênico para a ß-D-glicosidase ou para o difosfato de celobiose e fenolftaleína para a detecção de fosfatase ácida. A adição de D-cicloserina e polimixina B (FD153) torna o meio inibidor de acompanhar microflora não clostridial e, assim, permite a análise de ambas as células vegetativas clostridiais e esporos. Maior seletividade é fornecida por incubação sob condições anaeróbicas. Colônias amarelas (celobiase-negativas) se tornam rosas opacas a rosa-vermelho por exposição ao gás de amônia por 30 segundos e são considerados C. perfringens presumíveis. Diferenciação de cor em Agar Base M-CP às vezes é difícil, então colônias típicas (amarelo se tornando rosa), bem como colônias atípicas (verdes ou aquelas que permanecem amarelas após a exposição ao gás de amônia) são selecionadas para confirmação. C. perfringens presuntivo pode ser confirmado por redução de sulfito, gram-positivas, bastonetes esporulados, não móveis, redução de nitrato, gelatina liquefação, fermentação da lactose e outros testes bioquímicos.

 

TIPO DE AMOSTRA: Amostras de água; Amostras de alimentos

 

CONTROLE DE QUALIDADE:

Aparência: Amarelo claro a verde claro no pó livre de fluxo homogêneo

Gelificação: Firme, comparável com gel de agar a 1,5%.

Cor e Transparência do meio preparado Forma de cor clara a ligeiramente opalescente de cor púrpura em placas de Petri

Reação: Reação de solução aquosa a 7,12% p/v a 25ºC. pH: 7,6 ± 0,2

pH: 7,40-7,80

Resposta Cultural: Características culturais observadas após uma incubação a 44°C durante 24-48 horas com adição de conteúdo de 1 frasco de Suplemento Seletivo I M-CP (FD153) e 1 frasco de Suplemento M-CP Seletivo II (FD154) ou conteúdo reidratado de 1 frasco de Suplemento M-CP Seletivo II Modificado (FD154A) em condições anaeróbicas.

 

REGISTRO ANVISA: NÃO PASSÍVEL DE REGISTRO

 

ARMAZENAMENTO:

Armazenar o meio desidratado e o meio preparado a 2-8°C em um recipiente hermeticamente fechado. Usar antes do período de validade no rótulo. Após aberto, o produto deve ser armazenado adequadamente a seco, a fim de evitar a formação de

natureza higroscópica do produto. O armazenamento inadequado do produto pode levar à formação de grumos. Armazenar em área seca ventilada protegido de temperaturas extremas e fontes de ignição. Vedar bem o recipiente após o uso.

APRESENTAÇÃO / EMBALAGEM: Frasco com 500 gramas.

6x de R$ 124,20
R$ 745,21
ou R$ 685,59 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: 90 dias úteis
Social
Pague com
  • PagHiper
  • PagSeguro V2
Selos

Dsyslab - CNPJ: 21.340.859/0001-10 © Todos os direitos reservados. 2020

Dsyslab - Produtos e Equipamentos para Laboratórios, Clínicas e Hospitais